O poder sobe mesmo à cabeça. Expresso E, 20 de janeiro, 50-55.