Servitização

Cada vez mais as empresas industriais utilizam a oferta de serviços (desenho de produtos, manutenção e monitorização de equipamentos, etc.) como forma de diferenciação e fonte de rentabilidade. O SLab estuda modelos de organização e gestão de atividades de serviços em empresas industriais.

O SLab desenvolveu o projeto-tipo “Competir através dos Serviços” com o objetivo de auxiliar as empresas industriais a analisar a viabilidade e definir um modelo de negócio com base na Servitização. Consulte a descrição do projeto aqui.

Exemplos de questões que projetos nesta área permitem responder:

  1. É possível ou desejável passar de um modelo de venda de produtos para um modelo de venda de soluções? (e.g., vender “disponibilidade de equipamentos” em vez de vender equipamentos)
  2. Como conceber um modelo de negócio baseado em produtos e serviços? Ou baseado no desempenho operacional de equipamentos?
  3. Que tipo de serviços podem ser oferecidos e qual o seu contributo para a rentabilidade?
  4. Como desenhar/alterar a estrutura organizacional da empresa para suportar a prestação de serviços?

Exemplos de projetos desenvolvidos ou em desenvolvimento pelo SLab:

  • Estudo das estratégias de produção adotadas pelas empresas a nível global (http://www.manufacturingstrategy.net/). Participam neste projeto (International Manufacturing Strategy Survey) mais de 600 empresas de ponta representando países como os Estados Unidos, Japão, China, Alemanha, França, Espanha, Inglaterra e Brasil, entre muitos outros cobrindo a Europa, América, Ásia e Oceânia. Projeto colaborativo com uma rede de investigadores de mais de 30 das mais prestigiadas Escolas de Negócios de todo o mundo. No âmbito deste projeto, o SLab estuda a forma como estratégias de servitização estão a ser adotadas a nível global e qual o seu impacto no desempenho das empresas de manufatura.
  • Estudo do atual estado de implementação de estratégias de Servitização no setor metalúrgico e metalomecânico nacional, em parceria com a AIMMAP (Associação dos Industriais Metalúrgicos, Metalomecânicos e Afins de Portugal), no âmbito do Projeto Metal – Gerando o Futuro. O projeto envolveu a dinamização de workshops junto de empresas parceiras e entidades associadas à AIMMAP, a aplicação de um inquérito sobre a implementação da Servitização no setor e a elaboração de um e-book sobre o tema. O e-book intitulado “A Servitização da Indústria – Como Competir através dos Serviços” representa uma ferramenta útil para a compreensão e planeamento de uma estratégia de Servitização e pode ser consultado aqui.