Slab

Rui Sousa, Diretor do SLab, orador na XIV Conferência da Executive Digest e da Católica Porto Business School: “Transformação Digital – Tecnologia ou Estratégia?”

No dia 17 de abril decorreu na CPBS a XIV Conferência da Executive Digest e da Católica Porto Business School cujo mote foi: “Transformação Digital – Tecnologia ou Estratégia?”. Rui Soucasaux Sousa, Diretor do SLab, integrou a mesa redonda que contou ainda com as presenças de Carlos Alves (Diretor de Sistemas de Informação da Sogrape […]

Investigador do SLab apresenta projeto de investigação na Austrália

Entre 17 e 19 de Abril, Ricardo Morais, investigador do SLab, apresentou o software Idea Puzzle em cinco sessões da maior e mais antiga conferência mundial de educação doutoral – Quality in Postgraduate Research, em Adelaide, Austrália – como um exemplo de ferramenta de análise, desenho de investigação digital, teste de usabilidade, inquérito em grande […]

De Centros de Serviços Partilhados a Centros Corporativos

Vida Económica, 29 março 2018

Qual a importância da pergunta: “estará a Google a instalar em Portugal um call-center ou um centro de operações?”
O atendimento em call-center é uma das funções possíveis de serem exercidas em Centros de Serviços Partilhados (CSP). Os CSP concentram recursos de uma organização destinados à execução de atividades comuns às suas unidades de negócio. Estas atividades comuns asseguram a execução de funções de suporte de que são exemplos: contas a pagar, faturação, contabilidade, cobranças e o crédito nas funções financeiras; o helpdesk, serviço
de rede e manutenção das infraestruturas nas funções de tecnologias da informação; o processamento de salários e as avaliações de desempenho nas funções de recursos humanos; a colocação de encomendas nas funções de compras. Os CSP podem assegurar a execução de tarefas específicas (call-center) ou assumir operações globais, caso em que se podem redenominar como Global Business Services.

Os rankings no secundário

Vida Económica, 23 fevereiro 2018

No início do mês de fevereiro os jornais publicaram os habituais rankings de escolas. Os rankings do jornal “Público”, feitos em colaboração com a Católica Porto Business School e inserindo-se na linha de investigação em Benchmarking do SLab, este ano deram enfoque à infl ação das notas de algumas escolas que excedem os limites daquilo que se considera adequado. A questão da infl ação das notas é particularmente relevante enquanto as médias internas forem tidas em conta na média de candidatura ao ensino superior, já que a sobreavaliação pode criar claras injustiças no acesso.

‘Academy of Management Learning & Education’ publica artigo sobre novo serviço de educação desenhado por investigador do SLab

A ‘Academy of Management Learning & Education’, a revista científica mais citada do Mundo em ‘Management Development and Education’, publicou um artigo sobre o software Idea Puzzle de desenho de investigação criado por Ricardo Morais: http://amle.aom.org/content/15/3/643?etoc. A ‘Academy of Management (AOM)’ é a principal associação académica de Gestão do Mundo, com mais de 20 mil […]

Rui Sousa, Diretor do SLab, convidado a participar como especialista na “Thought Leadership Conference on Digital Business Models”

Rui Sousa, Diretor do SLab, foi convidado a participar como especialista na “Thought Leadership Conference on Digital Business Models”, que terá lugar na Holanda no próximo mês de Abril. Este evento juntará especialistas internacionais de várias áreas da Gestão para refletir sobre o impacto da digitalização nos modelos de negócio das empresas.

O futuro digital do retalho

Vida Económica, 26 janeiro 2018

O retalho é uma indústria em crescimento, não apresentando quaisquer sinais de retrocesso. As vendas mundiais a retalho cresceram 4,8% ao ano durante a última década, sendo que, em 2016, a atividade digital representava 9% do total das vendas, estimando-se que este indicador atinja os 20% em 2020, acompanhando a expansão global do acesso à internet por parte dos consumidores. Em economias avançadas (Alemanha, UK, Coreia do Sul), a taxa de penetração do acesso doméstico à internet encontra-se acima dos 80%. Outros países, como a Rússia e a Índia, contornaram a era do e-commerce, saltando diretamente para o m-commerce, tirando partido da facilidade, proximidade, fl exibilidade e rapidez promovida pelos sistemas móveis – tabletse smartphones.

Consumidores rurais também compram online

Vida Económica, 22 dezembro 2017

Com a proliferação da internet de banda larga para zonas mais remotas do país e com a crescente oferta de produtos para venda online, os consumidores rurais passaram a ver no e-commerce uma oportunidade para as suas compras. Tipicamente mais longe de lojas físicas e com menor variedade de oferta local, os consumidores rurais têm assim acesso a grande variedade de produtos, sem terem que sair das suas casas. Vender a este tipo de clientes tem implicações ao nível da oferta e das operações de fulfilment (picking dos artigos e serviço de entrega da encomenda) para os retalhistas.

Estratégias industriais com base em serviços avançados

Vida Económica, 24 novembro 2017

Cada vez mais as empresas industriais adotam estratégias de servitização, consistindo na prestação de serviços que complementam os produtos vendidos. A lógica subjacente é a de que os serviços fomentam a diferenciação, aumento de vendas e rentabilidade, permitindo a concorrência com fabricantes de economias com menores custos laborais.

15º European Workshop on Efficiency and Productivity Analysis

O 15º European Workshop on Efficiency and Productivity Analysis (EWEPA), terá lugar em Londres, Reino Unido entre os dias 12-15 Junho de 2017. O Workshop Europeu será realizado no Centre for Productivity and Performance (CPP) da School of Business and Economics da Loughborough University, Reino Unido. Conceição Andrade e Silva, Vice-Directora do SLab Vice, é membro do comité científico da 2017.