O Covid-19 é uma anomalia assustadora. Mas é mais assustadora do que “anomalia”. A norma, ou o novo normal, parece ser a da ameaça epidémica permanente: a Organização Mundial de Saúde acompanhou 1438 epidemias entre 2011 e 2018. A hiper-urbanização e as alterações climáticas tornam mais prementes as pandemias e outros perigos ecológicos. Importa, pois, que nos preparemos, coletivamente, para esta realidade – a que as organizações, incluindo as empresariais, continuarão a estar naturalmente submetidas.

https://www.catolicabs.porto.ucp.pt/lead/wp-content/uploads/2020/03/Liderar-em-Tempos-de-Crise.pdf