Grant, A. (2018). People don’t actually know themselves very well. The Atlantic, March 1 (https://www.theatlantic.com/health/archive/2018/03/you-dont-know-yourself-as-well-as-you-think-you-do/554612/).

Se queremos desenvolver-nos, aos níveis profissional e pessoal, precisamos de nos autoconhecer. Como levar a cabo esse desafio? Para determinadas matérias – designadamente as de natureza emocional, com expressão interior e dificilmente captáveis por quem nos observa – importa que reflitamos e façamos introspeção. Todavia, há domínios em que somos fracos avaliadores de nós próprios. Precisamos de escutar os outros e pedir-lhes que nos descrevam. Isso requer humildade e conforto com o desconforto. Para os líderes, os processos de feedback ascendente (i.e., provindo dos liderados, inclusive de modo anónimo) e de avaliação 360º podem ser um bom ponto de partida.